NÓS E O MEIO AMBIENTE

Na Casa do Lugar de Chãos pensamos no meio ambiente. Não é uma preocupação de hoje, é uma ideia que nos acompanha já há muitos anos.

Em 2008, quando começamos os trabalhos de preparação para a recuperação da casa procuramos empreiteiro da região, pensando desta forma evitar deslocações desnecessárias e contratar pessoal conhecedor das técnicas de construção tradicionais do local.

Apesar do avançado estado de degradação e abandono da casa tentamos recuperar o maior número de materiais existentes, o que foi em grande parte conseguido no que diz respeito à pedra, às madeiras e às telhas. Quando se revelou impossível recuperar tentamos reutilizar, exemplo disso são umas incríveis portadas de madeira com relevos e umas pedras trabalhadas à mão que transformamos em elementos decorativos e representativos da memória da casa.

Tecnicamente, tentamos conciliar o carácter tradicional da casa com os indispensáveis níveis de conforto e eficiência energética exigidos. A cobertura foi integralmente isolada termicamente. A iluminação é totalmente de baixo consumo. Os electrodomésticos são de classe A.

A casa está equipada com salamandra na sala e diversos equipamentos para cozinhar a lenha, o que permite consumir o excedente de lenha produzido na propriedade, confeccionar óptimos petiscos e diminuir o consumo de energia eléctrica tanto no aquecimento ambiente como na cozinha.

No que diz respeito ao tratamento dos resíduos produzidos, a casa está apetrechada com o equipamento necessário para a separação não só dos resíduos recicláveis, como para a separação do lixo doméstico do lixo orgânico. Este último é depositado em pequeno espaço de compostagem existente na propriedade e serve mais tarde para fertilizar os espaços verdes existentes.

Finalmente, na Casa do Lugar de Chãos mesmo quando se está a divertir não deixa de cuidar do ambiente. A piscina é biológica, isto é, isenta de produtos químicos no tratamento da água. A qualidade da água é conseguida através da combinação de um conjunto de plantas aquáticas que fazem a oxigenação desta. A água é menos agressiva para utilizadores, para a fauna e para a flora locais e pode ser reutilizada na rega da restante propriedade.